Blog

Veleiros estão a caminho de Itajaí

the ocean race itajai
5/5 - (4 votes)

Os barcos da The Ocean Race recomeçaram a corrida na manhã deste domingo (26/02) e partiram da Cidade do Cabo, na África do Sul, rumo a Itajaí. Esta será a etapa mais desafiadora da competição, com aproximadamente 23mil quilômetros de distância e mais de 30 dias, a mais longa jornada em alto mar da história da competição.

The Ocean Race 2022-23 – 26 February 2023, Start of Leg 3 in Cape Town.

A corrida largou às 9h no horário de Brasília (14h na África do Sul), com duas voltas e meia em um percurso costeiro, para dar ao público ao longo da costa da Cidade do Cabo a oportunidade de se maravilhar com os veleiros, antes de partirem para o grande azul do Oceano Antártico.

A largada teve fortes emoções já nos primeiros momentos, depois que um grupo de baleias foram avistadas próximo ao ponto de partida, o local foi alterado, e a corrida iniciou com pouco vento. A equipe Biotherm saiu na frente, enquanto os outros quatro barcos ficaram estagnados cerca de 100 metros da linha de partida.

Leia mais:

    No final da primeira volta no percurso costeiro, a então líder Biotherm perdeu velocidade e foi do primeiro ao último lugar e logo depois acionou o Comitê para fazer reparos. A equipe 11th Hour Racing Team também logo em seguida parou para manutenção de uma ripa. Mesmo com as paradas, ambas as equipes já retomaram a corrida até o final da noite de domingo.

    Trajeto é o mais longo e desafiador da história

    Por conta do nível de dificuldade, esta etapa da The Ocean Race terá pontuação dobrada, sendo os primeiros pontos contados para uma marca perto da ponta oeste da Nova Zelândia, e a segunda pontuação será para a ordem de chegada em Itajaí.

    É provável que a perna em geral tenha uma mistura de condições, com áreas de ventos fracos se espalhando para o sul ao longo do trajeto, mas também tempestades que podem ser violentas, como alerta Christian Dumard, consultor meteorológico oficial da The Ocean Race.

    Ainda segundo o especialista, a parte mais difícil desta perna da corrida, possivelmente é a travessia do Cabo Horn, quando as equipes cruzam os sistemas climáticos que mudam rapidamente.

    Despedida com emoção

    O capitão do Malizia (ALE), Boris Herrmann, disse que o momento da partida é emocionante e que sentirá saudades de estar com as pessoas, especialmente com a esposa e a filha. “A coisa bonita de velejar pelo mundo é aproveitar e reconhecer que você sente falta das coisas. Pra mim essa é uma das principais razões de fazermos isso voluntariamente. Quando volta, você se sente muito vivo, é como renascer”, afirmou Herrmann.

    The Ocean Race 2022-23 – 26 February 2023, Aerial view of the Ocean Live Park in Cape Town.

    Para o capitão do Biotherm Team, Paul Melhiat, a largada é um grande dia. “Estamos um pouco nervosos, porque é realmente uma etapa muito longa. Mas estamos trabalhando para isso e velejando em um barco maravilhoso, que foi feito pensando nesta etapa. Será maravilhoso, provavelmente muito difícil e eu serei a pessoa mais feliz quando chegar a Itajaí”, enfatizou.

    Benjamin Dutreux, líder do Guyot Environnement, também ressaltou a dificuldade da etapa: “Um mês no mar sozinhos, só cinco pessoas, sem nada em volta, com certeza há algo muito grande a nossa frente. Então quando chegarmos à terra firme novamente será muito emocionante”.

    Preparativos para a Vila da Regata em Itajaí

    Enquanto isso, os preparativos para receber os veleiros seguem a todo vapor. No mês de março, Itajaí inicia a montagem da Vila da Regata, a Ocean Live Park, no Centreventos, e intensifica a organização para o evento. A Imobille é presença confirmada, e também prepara muitas atrações para receber você, não perca!

    O espaço da The Ocean Race em Itajaí, abre ao público no dia 29 de março e deve receber mais de 500 mil visitantes até a largada dos barcos para Newport, nos Estados Unidos. A expectativa é que a regata movimentará cerca de R$ 100 milhões na economia da região.

    The Ocean Race 2022-23 – 26 February 2023, Start of Leg 3 in Cape Town. GUYOT environnement – Team Europe.

    Durante a cerimônia de largada na Cidade do Cabo, o Município de Itajaí participou de uma troca de bandeiras e recebeu oficialmente o bastão para realizar a próxima parada dos barcos, que devem chegar ao litoral catarinense no começo de abril. Os velejadores também receberam as bandeiras brasileiras para a chegada no país.

    Acompanhe a Imobille nas redes sociais e fique por dentro das novidades da The Ocean Race em Itajaí!

    Fonte: Prefeitura de Itajaí e The Ocean Race

    Imagens: Sailing Energy / The Ocean Race

    Ficou com alguma dúvida?

    Ficou com alguma dúvida?
    Nossa equipe está aqui para te ajudar.

    Você é proprietário de um imóvel e
    deseja anunciá-lo aqui?